quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Despedidas

Cada vez que chega a altura de despedidas, é sempre complicado dizer aquelas palavras a pessoas que marcaram uma determinada fase da vida, tenha sido ela breve ou longa. Agora que chego a mais uma altura de despedida, olho para trás com saudade (recuando apenas dois meses), mas a intensidade foi tal que em momentos como este, lamento que o tempo não fique suspenso, sem andar para trás ou para a frente. Mas é a vida...dirão muitas pessoas... " A vida continua"....
Só resta agradecer a todos pelos belos momentos passados...as festas...os encontros...os cafés...as brincadeiras...o espírito de união...o companheirismo...a AMIZADE. Essa bela "coisa" que tentamos ( e prometemos) guardar mas que se vai desvanecendo à medida que o tempo vai passando. CUSTA...MAS É A VIDA!!!!
Amigos, não estaremos juntos, mas seremos unos...

2 comentários:

Helder Gomes Silva disse...

Não é o fim de nenhuma amizade. è o fim de um ciclo. E apanhámos muitos ciclos e muitos mais vão aparecer pela frente. Calma, Amigo. Tudo se há-de arranjar. As amizades se são fortes e boas, não se perdem pelo afastamente. Temos contáctos e podes ligar sempre que quiseres e que precisares.
Do teu amigo

P.M. disse...

Podem não custar as despedidas...as amizades permanecem...Custam sim as memórias que se desvanecem pelo tempo. " OH TEMPO, VOLTA PARA TRÁS...DÁ ME TUDO O QUE EU PERDI", já dizia aquela velha canção. Temos os contactos, temos a união, juntos venceremos!"AVANTE CAMARADAS que para a frente é que é caminho". - (atenção, não sou comunista nem apoiante do "Grande" CHE.)

Aquele abraço, H.G.S.